5 dicas antes de comprar imóvel usado

5 dicas antes de comprar imóvel usado

Publicado em 19/03/2019 às 02:08


Está pensando em comprar um imóvel usado? Antes, confira essas 5 dicas.



Vai comprar um imóvel usado? Confira nossas dicas sobre o que considerar antes de fechar negócio.

Comprar uma casa pode ser um dos maiores investimentos que você fará em toda a sua vida. Por isso, a compra não pode ser feita de forma apressada. Existem diversos aspectos que precisam ser considerados, localização, preços, suas necessidades, etc, pois, um detalhe que pode passar despercebido durante a escolha do imóvel, pode se tornar uma grande problema no futuro, custando seu dinheiro e, principalmente, tranquilidade.

Todo o processo de escolha do imóvel requer ainda mais atenção quando você está comprando um imóvel usado. Afinal de contas, existem muito mais itens que precisam ser conferidos. Para te ajudar, separamos aqui algumas dicas valiosas envolvendo a avaliação e compra de um casa que já teve outro(s) proprietário(s). Confira!

1 – Não tenha pressa

Você gastaria apenas vinte minutos olhando uma propriedade na qual irá morar pelo resto da vida? Alguns compradores fazem isso e acabam se arrependendo. Por isso, nossa primeira dica é sobre o seu comportamento de compra. Se você estiver com um curto prazo para comprar uma casa, tente aumentá-lo alugando por mais um tempo ou considere outras alternativas, o importante é que você não tome a decisão de forma apressada e acabe investindo de forma errada.

2 – Escolha onde você quer morar e analise as características da região

Começamos esse texto dizendo que um imóvel é um investimento, e é mesmo. Quando escolhemos uma casa não estamos escolhendo apenas um local para morar, estamos ainda escolhendo um investimento que pode ou não se valorizar. Esqueça o mito de que imóveis não se depreciam, se você escolher um lugar que tem um crescimento de índices de violência, que fica em uma área de risco, etc, obviamente, seu imóvel perderá valor caso você deseje vendê-lo.

Por isso, é muito imprescindível estar atento às características do local e as possibilidades de valorização ou desvalorização existentes. Pense em questões como criminalidade, observe quais linhas de ônibus e metrô chegam ao bairro no qual pretende morar, análise o comércio e os serviços disponíveis (você tem tudo que precisa no seu bairro? Escolas? Farmácias? Lojas? Praças?). Tudo isso pode fazer diferença no valor da sua casa

3 – Viste os imóveis em diferentes horários, inclusive à noite

Imagine que você visitou uma casa pela tarde e achou tudo maravilhoso, com base nisso, fez a oferta, mas quando passou a morar descobriu que, pela manhã, o trânsito saindo da sua rua é terrível ou que existe algum barulho insuportável. Para evitar que problemas assim aconteça, você deve visitar o imóvel em diferentes horários, inclusive à noite. Observe questões como a incidência da luz do sol na casa, barulhos, etc.

A questão da luz é de extrema importância, pois, a depender no lado para o qual a casa nasce (nascente ou poente), isso pode fazer com que o dono passe por maus bocados devido ao aumento da temperatura, o que acarreta ainda no maior consumo de energia elétrica.Os imóveis que são voltados para a região oeste, recebem mais sol de tarde, e ficam menos propícios aos ventos.

4- Converse com vizinhos

Outra dica importante para que você conheça melhor o imóvel e vizinhança, é falar com com moradores do local. Questione sobre como é morar naquela rua, naquele bairro. Sonde sobre a relação com a vizinhança, etc. Além disso, é interessante procurar descobrir o porquê da venda do imóvel, talvez o dono esteja vendendo por não gostar da vizinhança.

5 – Avalie bem a casa

Ao visitar uma casa muitas pessoas podem acabar se deslumbrando e esquecendo de olhar o que interessa: as reais condições da casa. Pensando nisso, nossa quinta dica se divide em várias outras. Separamos aqui alguns aspectos que você deve observar na hora de visitar um imóvel:

  • Há umidade? Os principais sinais são um forte cheiro mofo, gesso escamoso ou descascando e as paredes ou tetos com marcas de água. Parece óbvio, mas certifique-se de olhar atentamente o teto e em torno dos rodapés. Outra pista pode ser se o quarto acabou de ser pintado, muitos vendedores fazem isso para cobrir marcas de mofo e umidade, mas isso não significa que o problema esteja resolvido;

  • O edifício é estruturalmente sólido? Observe se existem rachaduras. Olhe especialmente nas colunas e cinturões do prédio. Nem sempre uma rachadura quer dizer que a estrutura do imóvel está comprometida, às vezes é apenas o reboco caindo, mas é interessante investigar essas questões para não ter dor de cabeça no futuro;

  • Existe espaço para armazenamento? O espaço de armazenamento é um recurso valioso, mas muitas vezes esquecido. Confira se a casa possui dispensa, caso você precise, ou se há espaço para construção de uma;

  • Os quartos são grandes o suficiente para suas necessidades?: É comum que os vendedores coloquem móveis menores nos quartos para fazê-los parecer maiores;

  • Qual o estado da fiação e estrutura elétrica? Confira em que situação se encontra a parte elétrica da casa, se existem painéis de energia individuais. Cheque a caixa de disjuntores, os interruptores e tomadas. Procure por marcas de superaquecimento, como manchas escuras e fios retorcidos. Trocar a parte elétrica de uma casa custa caro, principalmente em mão de obra;

  • Observe os pisos e as portas: caso haja acúmulo de pó, principalmente de madeira, o material pode estar infestado de cupim;

  • O encanamento está correto? Experimente as torneiras para verificar a pressão da água. Faça perguntas sobre o tipo de caso utilizado. Observe a coloração da água, ela pode dar indícios de problemas na encanação;

  • Qual a acústica do lugar? Ligue um aparelho de som ou televisão, confira se o barulho da vizinha incomoda na hora de assistir/ouvir alguma coisa;

  • Se estiver comprando um imóvel em área condominial, principalmente se for apartamento, observe as condições do condomínio como um todo, se o prédio estiver em condições ruins, muito em breve, você pode estar sendo cobrado por cotas e taxas extras para realização de obras. Olhe ainda a situação da inadimplência na taxa condominial.


Precisando de Empréstimo?

Quero encontrar meu empréstimo ideal!

Em destaque em Empréstimos