Cartão de credito nome sujo

Cartão de credito nome sujo

Publicado em 20/07/2019 às 03:19


Dicas para você fazer um cartão de crédito mesmo estando com o seu nome sujo.

 

Solicitar um cartão de crédito estando com nome sujo pode ser tarefa difícil, mas não impossível!

 

Ninguém gosta de tomar um calote, não é mesmo? Bem, os bancos pensam a mesma coisa no momento de conceder um cartão de crédito aos seus possíveis clientes.

Por isso, eles usam diversas técnicas e, várias delas, são para entender se quem está pedindo o cartão de crédito terá condições financeiras para pagar as suas faturas.

Análise de crédito

consulta do CPF junto a empresas especializadas como Serasa e Boa Vista é importante, mas nem sempre ter o nome listado nessas empresas significa que o seu cartão de crédito será recusado.

Você já ouviu falar em score de crédito? Essa é uma das muitas ferramentas utilizadas para analisar o  cliente com baixas, médias e altas chances de pagarem suas contas. A pontuação varia entre 0 a 1000, e é baseada no perfil e informações de cada pessoa.

Lembramos também que muitas vezes o score não é o mais importante. Como dito antes, é só mais uma forma de avaliação. Quem dá a palavra final é a administradora do cartão de crédito.

Pode ser que você não consiga, mas pelo menos você tentou! Mas se atente para pedir um cartão de crédito que se encaixe no seu perfil, como renda mínima e anuidade.

1 – Tem nome sujo? considere ter um cartão pré-pago

Os cartões pré-pagos não passam por uma análise de crédito e nem de renda e, por isso, é bem mais fácil solicitar um deles. Basta preencher um cadastro, pagar o boleto e o cartão chegará ao endereço informado em alguns dias.

Mas aí você se pergunta: por que eu quero deixar o meu dinheiro em um cartão pré-pago? Veja os benefícios do cartão pré-pago:

Compre pela internet, em lojas virtuais, jogos e serviços de streaming, como Netflix e Spotify;

  • Aceito normalmente em diversos estabelecimentos;

  • Sem necessidade de comprovação de renda;

  • Possibilidade de pagamentos de contas, recarga de celular e saques;

  • Sem consulta ao SPC (Serviço de Proteção de Crédito) e SERASA;

  • Perfeito para usar em viagens;

  • Controle melhor os gastos da sua família e dos seus filhos.

2 – Encontre um cartão de crédito adequado à sua renda

Alguns cartões exigem que o solicitante tenha uma renda mínima para poder enviar a sua solicitação. Geralmente, isso acontece porque os bancos precisam fazer análises para decidir quanto de crédito eles podem liberar para cada cliente.

Por isso, solicitar um cartão de crédito adequado à sua renda aumenta as chances de aprovação. Seja sincero no momento de informar a sua renda.

3 – Fique atento: Cartões de crédito sem anuidade

Cartões deste tipo nem sempre são os mais fáceis de serem aprovados. Geralmente, os cartões de crédito sem anuidade possuem uma análise de crédito mais apurada e por um motivo simples.

Imagine que você empreste o seu dinheiro e não cobre nada por isso. Imaginou? Para quem você emprestaria o seu dinheiro? Acreditamos que seja para pessoas que você confia e que não te dariam um calote.

Os bancos podem pensar a mesma coisa que você. Por isso, eles vão querer aprovar esse tipo de cartão de crédito a clientes que eles conheçam bem.

 

Revendo sua atividade com cartão de crédito:

Todo mês, o emissor do cartão de crédito enviará a você uma fatura que inclui o que  tem que pagar para cumprir com o seu pagamento mínimo, a data de vencimento e uma lista das transações que foram lançadas na sua conta desde sua última fatura. É uma ótima ideia rever essas transações para garantir que todas as transações foram feitas por você e que não há diferenças. Você também quer garantir que seu último salário foi aplicado corretamente à sua conta. Se alguma compra tiver sido cobrada na sua fatura  confira que se ela está certa. Confira nossa seleção dos melhores cartões de crédito com todas as informações em este link -> cartões de crédito .


Precisando de Cartão de Crédito?

Quero encontrar meu cartão ideal!

Em destaque em Cartões