Como negociar e pagar as dívidas do cheque especial

Como negociar e pagar as dívidas do cheque especial

Publicado em 21/03/2019 às 05:49


Se pudéssemos montar uma lista com os principais motivos de endividamento da população brasileira, certamente, o uso descontrolado do cheque especial estaria entre os primeiros lugares.

Utilizar este valor, que normalmente já está disponível, é uma tentação, mas sabemos também, que emergências acontecem e que nem sempre usamos porque gostaríamos. De qualquer modo, o que torna o cheque especial uma armadilha são os juros elevados que ele carrega.

O primeiro passo para se livrar dos problemas, além de economizar, é negociar com o banco. Um cliente em dívida não é interessante para a instituição financeira, então, conversar e saber o que o banco pode fazer para ajudar, é um primeiro passo importante.

Além disso, em alguns cenários, pegar um empréstimo, com juros muito abaixo dos praticados pelo cheque especial, pode ajudar. Os juros baixos podem fazer, no fim das contas, o cliente economizar uma boa quantia, ao passo de que, quitaria a dívida no ato do pagamento.


Precisando de Conta Corrente?

Quero encontrar minha conta ideal!

Em destaque em Contas Correntes