Fazer cartão de credito que não consulta spc

Fazer cartão de credito que não consulta spc

Publicado em 11/12/2019 às 05:38


Foi-se o tempo em que as pessoas preferiam pagar em dinheiro. Hoje em dia todo mundo quer um cartão de crédito e existem uma grande variedade no mercado, as melhores opções são destinados a pessoas que não estão negativadasAinda assim, é possível conseguir um cartão de crédito sem consulta ao SPC e Serasa.

Se você possui restrições em seu CPF e precisa de um cartão de crédito, conheça as ferramentas que podem ser contratadas sem a consulta aos órgãos de proteção ao crédito.

 

Por que os bancos consultam seu CPF?

  1. Existe cartão de crédito sem consulta ao SPC ou Serasa?

  2. Formas de uso do cartão de crédito sem consulta

  3. Gerenciar as finanças com cartões sem anuidade

 

As instituições em geral, antes de conceder qualquer produto financeiro têm como procedimento checar determinadas informações a respeito do cliente. O objetivo é traçar um perfil socioeconômico, para direcioná-lo a produtos mais condizentes à sua realidade, garantindo o sucesso da operação os dois lados.

Consultar o CPF é uma forma de verificar a situação junto ao governo e até mesmo pendências fiscais e financeiras. Dessa forma, é possível ter ideia se o cliente terá condições de arcar com as novas despesas.

 

Existe cartão de crédito sem consulta ao SPC ou Serasa?

A crise econômica contribuiu para o endividamento das famílias e a alta da inadimplência. Nesse cenário, as instituições ficaram mais rigorosas e diminuíram a concessão de crédito, especialmente entre clientes que apresentam maior risco. Isso afetou o mercado de cartões sem consulta ao SPC ou Serasa. Por exemplo, o Ibi Card e o cartão Bonsucesso foram descontinuados.

Entretanto, ainda existem algumas instituições que oferecem cartões sem consultar o histórico do cliente. Essas opções estão disponíveis para servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS. São cartões consignados, ou seja, o pagamento mínimo pode ser descontado diretamente na folha de pagamento.

O Banco BMG oferece o BMG Card da bandeira MasterCard. Não é cobrada anuidade ou taxa de manutenção. Os juros rotativo podem oscilar de 3,36% à 5,95% ao mês, variando de acordo com o convênio.

Geralmente, o cartão de crédito sem consulta pode ser utilizado, como os cartões convencionais, de forma que o usuário efetue suas compras, escolha o cartão como forma de pagamento e ganhe até 45 dias para pagar a fatura após a data da compra.

 

Cartões pré-pagos: alternativas para o cartão de crédito sem consulta

Os cartões pré-pagos também podem representar uma solução aos consumidores que estão com o nome sujo, já que são disponibilizados sem consulta ao SPC e Serasa. Uma das vantagens é que estes podem ser solicitados por qualquer pessoa. Não são destinados apenas para servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS.

O cartão pré-pago da PagSeguro permite fazer compras no Brasil e no exterior. Não tem anuidade, apenas é cobrada uma taxa de aquisição no valor R$ 12,90. A solicitação é feita no site e o cartão chega em 15 dias.

 

Como funcionam os cartões pré-pagos

A modalidade dos pré-pagos é um pouco diferente dos cartões convencionais. Funcionam como uma carga de créditos no celular em que o valor depositado proporciona uma quantidade de minutos.

Para utilizar, é necessário carregar o cartão com uma quantia que se converte no saldo disponível para compras e transferências. Quando você usar todo o dinheiro, precisará fazer uma nova recarga e assim sucessivamente.

O cartão pré-pago não precisa ser vinculado a uma conta bancária preexistente, não precisa de comprovação de renda e nem consulta ao SPC Serasa. Por isso atrai muitas pessoas, principalmente os não bancarizados e os negativados.

Além disso, é uma excelente ferramenta para controlar as despesas. O limite de compras é o mesmo limite do valor depositado. Você não corre o risco de gastar o que não tem, como um cartão de crédito e nem de entrar no cheque especial, como pode acontecer com o débito em conta.

Por outro lado, é bom saber que as operadoras cobram taxas para utilizar alguns serviços como saques, transferências e recargas. Além disso, podem haver cobranças de emissão e de anuidade. Essas taxas variam de empresa para empresa.

Veja algumas formas de utilização do cartão pré-pago que podem agregar vantagens ao cotidiano, especialmente às pessoas que possuem restrições junto aos órgãos de proteção ao crédito.

 

Uso de cartão pré-pago para compras diárias

Com um cartão pré-pago é possível fazer compras diariamente com mais segurança e comodidade, mesmo estando com o nome sujo.

Essa opção afasta o risco de assaltos ou mesmo incidentes, como perder o dinheiro, por exemplo. Contratando um cartão pré-pago o usuário não precisa mais carregar grandes quantias em dinheiro, basta levar somente seu cartão e digitar a senha pessoal quando desejar utilizá-lo.

A utilização diária de um cartão pré-pago possibilita, ainda, que o pagamento das compras seja agilizado, já que não é necessário aguardar e conferir troco.

 

Uso de cartão pré-pago para compras na internet

Além de serem aceitos em milhares de estabelecimentos, de acordo com a bandeira, os cartões pré-pagos também são uma excelente forma de pagamento para as compras online, permitindo que pessoas com restrições no CPF também desfrutem da praticidade oferecida pelos sites de e-commerce.

 

Uso de cartão pré-pago para viagem ao exterior

Os cartões pré-pagos também podem representar uma grande opção de pagamento em compras realizadas durante viagens ao exterior, garantindo praticidade e segurança ao consumidor, mesmo longe de casa. Além disso, é mais fácil para controlar os gastos, já que o cartão precisará ser recarregado antes da viagem, ao contrário do crédito, que terá que ser pago no futuro e está sujeito às variações de câmbio.

Vale ressaltar que um cartão pré-pago internacional possibilita que pessoas com restrições no CPF façam compras em sites estrangeiros.

 

Gerenciar as finanças com um cartão de crédito sem consulta

Se você está endividado e com restrições no nome, antes de solicitar um cartão de crédito, mesmo que seja sem consulta, vale a pena ponderar se é a melhor forma de administrar as finanças. Pode ser uma forma de colocar as contas em dia ou criar uma dívida ainda maior.

cartão pré-pago pode ser mais indicado, pois não possui anuidade e só pode ser utilizado como um cartão de débito. Não há incidência de juros e gera dívidas ao consumidor porque a compra é paga no ato com o saldo em conta.

O cartão pré-pago também pode ser atribuído a terceiros e, desta maneira, representar uma excelente ferramenta em situações diferenciadas, onde o consumidor busca formas de supervisionar e controlar os gastos, seja de um familiar ou mesmo de empregados. Veja alguns exemplos onde o cartão recarregável poderá auxiliá-lo:

  • Controle das despesas domésticas

  • Controle dos gastos do idoso

  • Controle dos gastos do jovem


Precisando de Cartão de Crédito?

Quero encontrar meu cartão ideal!

Em destaque em Cartões