Fazer empréstimo pelo caixa eletrônico

Fazer empréstimo pelo caixa eletrônico

Publicado em 26/05/2019 às 23:18


Um dos bancos que oferecem essa modalidade é a Caixa Econômica Federal, seus clientes já têm acesso ao serviço. Nomeado Crédito Direto Caixa (CDC), nele você encontra a modalidade Crédito Fácil. Funciona assim: o cliente do banco consegue o crédito pré-aprovado após pesquisa cadastral feita no processo de abertura da conta Caixa Fácil podendo usá-lo como quiser.

O limite mínimo começa com crédito de R$ 200 e pode ser solicitado em qualquer dia e horário em casas lotéricas, terminais do banco 24 horas, correspondentes bancários e agências da Caixa. O contrato deste empréstimo é válido por 120 dias, o cliente não precisa apresentar garantias e segundo a Caixa, a taxa de juros cobrada é de 2% com acréscimo de IOF. Para contratar ou renovar este serviço, é necessário que o cliente pague um taxa extra.

Para quem precisa contratar empréstimo no caixa eletrônico com quantias maiores, a Caixa oferece o Crédito Pessoal Automático (CDC Automático). Este empréstimo pode ser contratado nos caixas de auto-atendimento (caixas eletrônicos) e o valor pode variar de R$ 300 a R$ 30.000, são estabelecidos de acordo com o limite pré-aprovado do cliente.

A taxa de juros fica em torno de 3,80% ao mês. Os pagamentos do empréstimo são descontados a cada mês na conta corrente no dia escolhido pelo próprio correntista. Para fazer o CDC Automático antes dá para fazer a simulação.

O bom é que você pode solicitar e receber o dinheiro do empréstimo no caixa eletrônico, sem ter que enfrentar filas e esperar pela aprovação de crédito, o processo é muito prático e rápido. E de fato é! O problema é que pode haver algum tipo de ônus por trás de toda esta facilidade.

A Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor alertou no ano passado os muitos problemas que podem surgir com a concessão dos empréstimos no caixa eletrônico. Antes de concluir a operação, confira o Custo Efetivo Total (CET) anunciado e a possibilidade de cancelamento posterior.

 

Fazer empréstimo no caixa vale a pena?

Para fazer o empréstimo no caixa eletrônico é preciso que o cliente tenha conta naquele banco. A possibilidade de contratar o serviço está disposta na tela do autoatendimento.

Mas é importante que você fique atento a todas as cláusulas e juros. O CET, Custo Efetivo Total é o valor real de quanto você vai pagar ao final do empréstimo. Esse valor pode estar em %, o que atrapalha o entendimento do cliente e muitas vezes a contratação por impulso.

O melhor mesmo é conversar com seu gerente, conhecer as possibilidades e ficar por dentro de todas as taxas cobradas, para que nada fique sob dúvida.


Precisando de Empréstimo?

Quero encontrar meu empréstimo ideal!

Em destaque em Empréstimos