Financiamento carro usado

Financiamento carro usado

Publicado em 23/10/2019 às 16:44


Você sabe onde financiar um carro usado? Saiba aqui.


Confira nossas dicas para escolher a melhor empresa para financiar um carro usado.

Quem pretende financiar a compra de um carro usado, deve consultar as taxas médias de juros cobradas pelos bancos que fazem esse tipo de operação, no site do Banco Central do Brasil.

Entrar num financiamento é uma das formas mais fáceis e rápidas de comprar um carro atualmente. E isso se aplica não só a carros novos, mas também para veículos usados. Existem diversas empresas no Brasil que financiam carros com até 20 anos de fabricação. Os prazos para pagamento e as taxas de juros são semelhantes ao de veículos novos.

A tabela com as taxas médias de juros praticadas pelas instituições financeiras é atualizada semanalmente pelo Banco Central (BC). A comparação inclui cerca de 40 bancos de médio e grande porte, verificando tanto bancos tradicionais, bancos de montadoras e também financeiras.

Para conseguir comparar os juros cobrados pelos bancos é possível utilizar a ferramenta “Calculadora do Cidadão”, disponível no site do Banco Central, para poder simular o custo total de um financiamento, de acordo com os dados divulgados pelo BC.



A simulação deve incluir o CET (Custo Efetivo Total) da operação

Para ter uma ideia real do financiamento mais vantajoso, não basta apenas comparar as taxas médias de juros oferecidas pelos bancos. É necessário que se verifique o CET.

O CET mostra não só o juros, mas todos os encargos e outras taxas cobradas pelos bancos para o financiamento de veículos como despesas com tarifas de abertura de crédito, seguro contra inadimplência, impostos e outras taxas administrativas.

Quanto menor o custo efetivo total, menor será o valor final pago pelo consumidor no financiamento. Por lei, o banco é obrigado a divulgar o CET aos clientes, os valores devem estar incluídos e discriminados um a um no contrato do empréstimo.



Bancos de montadoras costumam cobrar menores taxas

As instituições financeiras ligadas a montadoras costumam ter as taxas mais baixas do mercado. Os bancos tradicionais cobram mais caro. Isso acontece porque as montadoras subsidiam as taxas, como forma de incentivar a compra dos consumidores.

De acordo com os dados do Banco Central, sete entre as dez instituições financeiras com taxas mais baixas de juros são de bancos ligados a montadoras.

Com tudo, sempre vale a pena consultar o gerente do seu banco e os vendedores das concessionárias ou revendedoras para entender melhor as condições oferecidas pelo financiamento. Em alguns momentos, geralmente em feirão de automóveis, os bancos mais tradicionais podem oferecer taxas mais baixas para atrair clientes a comprar veículos pelo banco.



Quais são os principais bancos e financeiras que trabalham com o financiamento de veículos?

A grande maioria dos bancos e financeiras do país trabalham com a operação, já que o financiamento de veículos se tornou bem comum no país na última década:

Confira algumas instituições que fazem esse tipo de operação no mercado brasileiro:


Banco do Brasil:

Financia até 100% do valor de veículos usados com até 10 anos de fabricação. O prazo de pagamento é de até 60 meses:

Banco Pan:

Financia carros usados e seminovos com fabricação a partir de 1970. O banco parcela o financiamento em até 48 vezes.

Bradesco:

Financiamento até 70% do valor de carros usados com até 12 anos de uso, com prazos de pagamento de até 60 meses.

BV Financeira:

A empresa não dá muitas informações sobre as condições, mas trabalha com a operação.

Daycoval:

Financia veículos usados com até 20 anos de uso ou fabricação, com prazo de pagamento em até 48 vezes.

Chevrolet (GMAC):

Financia carros usados com prazos de pagamento de até 60 meses. É um dos bancos de montadoras com a menor taxa de juros.

Itaú:

Financia carros usados com prazos de pagamento de até 60 meses.

Omni:

A empresa não dá muitas informações sobre as condições, mas trabalha com a operação.

Porto Seguro:

Financia até 100% do valor de carros usados com até 10 anos de uso, com prazos de pagamento de até 60 meses.

Banco Safra:

Financia carros usados com prazos de pagamento de até 36 meses.

Banco Santander:

Financia até 100% do valor de veículos usados com até 10 anos de fabricação, com prazo de pagamento em até 60 meses. O Santander, atualmente tem a menor taxa média de juros entre os bancos tradicionais.

Volkswagen:

Financia carros usados com prazos de pagamento de até 48 meses.

Quais são as vantagens de financiar um carro usado?

Confira algumas das principais vantagens de comprar um carro usado:

Menor depreciação

O auge da depreciação de um veículo ocorre nos primeiros três anos de fabricação. Comprando um veículo usado, você perde menos dinheiro se quiser vendê-lo futuramente. Geralmente, os carros zero KM, já saem da concessionária com uma desvalorização de 10%.

Comprar carros mais opcionais

Dá para comprar um carro usado com mais opções, com mais itens por um valor mais em conta do que os carros novos.

Pesquise bastante antes de financiar um carro usado!

Para se encontrar as melhores opções, em questão de valores e das condições de uso do carro, é preciso pesquisar bastante para encontrar veículos usados com bom custo-benefício e sem grandes preocupações em relação a manutenção.

Pagar menos impostos

Quando você compra um carro zero KM é preciso gastar dinheiro com emplacamento, licença e IPVA. Na compra de carros usados, os impostos são menores e além disso as revendedoras de veículos usados costumam oferecer a parceria de escritórios de despachantes para realizar os trâmites legais, sem que seja cobrado nenhum valor adicional ao comprador. Busque sempre negociar esses detalhes na hora de negociar o financiamento de um carro usado.

Os planos de financiamento são mais flexíveis!

Atualmente, o financiamento de veículos usados estão mais flexíveis e vantajosos para os consumidores. É possível escolher o valor de entrada e o número de parcelas a pagar da maneira que se adapta melhor ao seu orçamento.

Você pode dar um bom valor de entrada e garantir parcelas realmente menores e ainda optar por dividi-las no cartão de crédito ou no débito automático, em muitos casos. A oportunidade é bastante interessante para obter melhores taxas de juros, o que torna menor o valor final do financiamento.


Precisando de Empréstimo?

Quero encontrar meu empréstimo ideal!

Em destaque em Empréstimos